Maquiadora de "Mad Men" revela os segredos das maquiagens do seriado

Betty Draper, personagem de January Jones, mantém um visual impecável, e as cores vibrantes, como batom rosa, são usadas de maneira discreta e elegante
Os lábios pigmentados de Christina Hendricks se destacam mesmo com o batom rosa pálido de sua personagem, Joan Harris, que aposta na maquiagem para suavizar sua personalidade forte
Os lábios pigmentados de Christina Hendricks se destacam mesmo com o batom rosa pálido de sua personagem, Joan Harris, que aposta na maquiagem para suavizar sua personalidade forte
Megan Draper, vivida por Jessica Paré, é a mais personagem mais exuberante.
Megan Draper, vivida por Jessica Paré, é a mais personagem mais exuberante. "Ela adora cílios postiços. Quanto mais, melhor", comenta a maquiadora Lana Horochowski
A personagem de Elizabeth Moss, Peggy Olsen, não sabe como se maquiar, e por isso mantém um estilo básico e simples
A personagem de Elizabeth Moss, Peggy Olsen, não sabe como se maquiar, e por isso mantém um estilo básico e simples
Dona de um estilo polido, Trudy Campbel, personagem de Alison Brie, quer se manter sempre bonita para o marido
Dona de um estilo polido, Trudy Campbel, personagem de Alison Brie, quer se manter sempre bonita para o marido

Além do enredo envolvente, "Mad Men" conquistou muitos de seus fãs por retratar com perfeição os anos 1960. Como parte fundamental da caracterização das personagens, a maquiagem das atrizes também remete à época, e detalhes como o batom impecável de Betty ou os cílios postiços de Megan chamam a atenção das fãs do seriado. Em entrevista, a maquiadora Lana Horochowski revelou os segredos de beleza das protagonistas.

Pesquisas são parte fundamental do trabalho de caracterização


Retratar o visual da época é intenso e desafiador. "Cada detalhe - como a cor do blush, o formato das unhas e a depilação facial - precisa ser pesquisado e planejado. Tudo tem que estar certo", comentou Lana ao site Byrdie. Além das personagens principais, a maquiadora é responsável também pelo visual do elenco de apoio, chegando a preparar cem pessoas por dia: "eles estabelecem o tom da cena, comunicando onde e quando aquilo está acontecendo".

Como as características são muito específicas, Lana recorre a pesquisas para que tudo se mantenha adequado à moda dos anos 1960. "É difícil encontrar a article_media_new_1em das maquiagens, muitas já não estão mais disponíveis", contou a maquiadora. Para se inspirar, Lana recorre a revistas antigas e presta atenção especial aos anúncios para perceber quais cores eram populares na época.

Tendências dos anos 1960 retornam nos dias atuais


E se há alguns anos era raro encontrar o batom vermelho opaco de Betty Draper, hoje em dia é muito mais fácil. "Não tenho certeza se isto é resultado do sucesso do programa, mas muitas tendências dos anos 1960 estão voltando", comentou Lana. A maquiadora define a ex-mulher de Don Draper como uma beleza clássica. "Nós até usamos cores mais vibrantes, mas sempre de uma maneira muito discreta e elegante".

Como esposa de um político, Betty precisa se manter sempre arrumada. "Para ela, a aparência é tudo, por isso está sempre com o penteado perfeito e a maquiagem impecável", explicou. Assim como ela, a personagem Trudy Campbell também possui um visual polido e sofisticado: "como uma típica dona de casa, ela fica preocupada em estar sempre bonita para o marido. Mas sua beleza é um pouco mais suave do que a de Betty, usamos tons mais claros".

Personalidades fortes são realçadas pela maquiagem


Apesar da personalidade mais ousada, Joan Harris também usa um visual leve. "Ela é muito exuberante, está sempre vestindo cores vivas. Então, tentamos suavizá-la um pouco com a maquiagem", afirmou a maquiadora. Lana ainda revela que o batom característico da personagem é um rosa pálido, mas por serem naturalmente muito pigmentados, os lábios de Christina Hendricks ainda se destacam na tela.

Mas quando se trata de maquiagem, Megan definitivamente é a dona do estilo mais elaborado. "Ela está sempre incrementada, pois é jovem, é atriz, e vive cercada de pessoas criativas. Megan adora cílios postiços, tanto nas pálpebras superiores quanto inferiores. Quanto mais, melhor!", comentou Lana. É com a personagem que a maquiadora tem mais oportunidade de brincar, como com o delineado "gatinho", característico dos anos 1960, e o batom metalizado.

Ao contrário de Megan, Peggy Olsen prefere se manter fiel à um estilo básico e simples. "Ela não tem o instinto ou a habilidade de fazer sua própria maquiagem ou criar um visual diferente. Ela parece sempre um pouco bagunçada", contou. Apesar da personagem ter mudado muito ao longo das temporadas, pouco mudou em sua aparência. "Se fizemos algo diferente com ela, foi talvez apenas uma sombra azul, como se ela tivesse pego na farmácia para experimentar".

COMPRE O LOOK

Opa, parece que você não está logada! Por favor Ou criar uma conta.